Quer lucrar com o processo de final de leasing?



Para quem não é muito familiarizado com o termo, leasing é uma modalidade de crédito que pode ser confundida facilmente com o financiamento. Porém, neste caso, o cliente é dono do bem adquirido e paga as parcelas da aquisição até que, ao final do pagamento, o bem permanece com o cliente. Já no modelo de leasing, o bem é concedido para uso de seu cliente por um prazo determinado, mediante a pagamentos periódicos e, ao final do contrato, o cliente decide sobre o destino do bem adquirido, sendo que tem três opções de escolha:

  1. Renovação do contrato;

  2. Devolução do bem e encerramento do contrato;

  3. Realização da compra do bem pelo valor de mercado ou por um valor residual previamente definido em contrato.

A decisão mais comum a ser realizada pelas empresas que adquirem bens, como notebooks e computadores em leasing, é a primeira (renovação do contrato), que pode parecer muito vantajosa por haver a renovação dos bens e equipamento e não ser desembolsado um valor inesperado nas trocas, fora os diversos benefícios fiscais para o negócio, evitando a depreciação e facilitando a renovação tecnológica do maquinário.

Se você acredita ser super vantajoso o modelo de leasing até aqui, ainda não conheceu o maior benefício de lucratividade que nós, da Z11 Group, podemos te oferecer: ao optar pela aquisição desses bens e nos vender no final do contrato de leasing, você pode gerar um ganho que — em 95% dos casos — garante um lucro no pagamento do residual e na venda. Ou seja, é sobre gerar lucro do valor do residual em uma etapa que não lhe traria nenhum retorno.

Ao realizar a venda desses ativos para a Z11 Group, você se beneficia com o custo zero na coleta do maquinário, destruição de dados, sanitização sem recuperação com laudo e, em caso de descarte, é destinado para a realização do coprocessamento — aterro zero. Na próxima troca de parque tecnológico de sua empresa, pense sobre a realização da compra desses bens residuais e venda com mais lucro para a Z11 Group.

26 visualizações0 comentário